Coimbra  12 de Junho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

AcroVigor conquista sete ouros e seis bronzes no Maia International Acro Cup

21 de Maio 2024 Jornal Campeão: AcroVigor conquista sete ouros e seis bronzes no Maia International Acro Cup

A Ginástica Acrobática do Grupo Recreativo Vigor da Mocidade (AcroVigor) consolidou a sua posição de destaque no panorama internacional após uma prestação brilhante no Maia International Acro Cup (MIAC). Os ginastas do clube de Fala conquistaram um total de 13 medalhas, sendo sete de ouro e seis de bronze, e alcançaram os títulos por equipas no escalão júnior base e no escalão 13-19.

Débora Amorim, coordenadora do AcroVigor, destacou a importância destes resultados, afirmando que “estamos no caminho certo”. A competição, que é considerada a maior prova de ginástica acrobática alguma vez realizada a nível mundial, reuniu 1.600 ginastas e 98 delegações de 23 países.

O AcroVigor participou com 34 ginastas e cinco treinadores, obtendo resultados de destaque, incluindo o primeiro lugar em pares femininos 13-19 (Joana Silva e Sofia Ferreira), trio feminino 12-18 (Maria Amorim, Catarina Santos e Maria Correia) e em pares masculinos Júnior Base (João Redinha e Guilherme Menezes). Além disso, o clube conquistou a medalha de bronze em trios femininos 13-19 (Laura Veloso, Maria Duarte e Inês Nossa) e no par feminino Júnior Base (Isabela Apolónia e Leonor Costa). Um dos momentos altos foi o prémio especial para a melhor nota dos quatro dias de competição, atribuído ao trio feminino 12-18 (Maria Amorim, Catarina Santos e Maria Correia).

No total, o AcroVigor esteve presente em nove finais. Outros resultados incluíram o 4.º lugar para o trio feminino (Sofia Bairrada, Maria Bairrada e Maria Costa) e o par Inês Rodrigues e Joana Gouveia; o 5.º lugar para o par misto Matilde Cruz e Tomás Gonçalves; e o 6.º lugar para o “misto” Maria Henriques e João Carreira.

Para Débora Amorim, “mais do que os resultados, é importante a experiência que estes jovens vivem” num ambiente “fantástico de convívio entre todos, com muita animação e desportivismo”. A coordenadora sublinhou que “são momentos e amizades que levam para a vida”.

Apesar dos sucessos, Débora Amorim alertou para a importância de manter o foco no segundo momento de apuramento para o Campeonato do Mundo, que se realiza no próximo domingo em Lisboa. “Queremos estar presentes com vários grupos”, concluiu.