Coimbra  16 de Junho de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Académica: OAF quer festejar os 130 anos da AAC

29 de Dezembro 2016

A Briosa e o Coro dos Antigos Orfeonistas de Coimbra querem festejar, em breve, o 130º. aniversário da Associação Académica (AAC).

Acresce que 2017 também proporciona a comemoração do cinquentenário da conquista por parte da AAC do título de vice-campeã nacional de futebol.

A Académica/OAF, proprietária de uma Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (para as competições profissionais), é a sucessora do Clube Académico de Coimbra (1974 – 84), criado por ocasião da extinção, há 42 anos, da Secção de Futebol da AAC (que veio a ser refundada).

É intenção do Organismo Autónomo de Futebol da AAC, presidido por Paulo Almeida, e da Associação dos Antigos Orfeonistas do Orfeon Académico de Coimbra, liderada pelo juiz conselheiro José Santos Cabral, comemorar o 130º. aniversário da Associação Académica com um evento de forte componente cultural.

Paulo Almeida espera ser recebido, em breve, pelo presidente da Câmara conimbricense, Manuel Machado, para lhe dar conta daquela aspiração.

A melhoria da iluminação dos campos de treinos da Academia Briosa XXI (Bolão) e o alargamento da superfície destinada a recintos são outros aspectos para que a AAC/OAF espera apoio da principal autarquia conimbricense.

“O esforço para a melhoria do relacionamento” entre a Académica/OAF e outras instituições contempla o reforço do intercâmbio entre a Briosa e a Câmara Municipal de Coimbra, assinala Paulo Almeida.