Coimbra  20 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Académica fora do rol de favoritos à conquista da LigaPro

16 de Outubro 2020 Jornal Campeão: Académica fora do rol de favoritos à conquista da LigaPro

Todos os anos, os principais sites de apostas desportivas portugueses nomeiam um leque de clubes favoritos à conquista das competições profissionais de futebol. Este ano, a Académica não faz parte do rol de prováveis vencedores, sendo que os sites de apostas atribuem as odds mais favoráveis ao Estoril Praia e ao CD Mafra. Até ao momento, a previsão dos sites de apostas desportivas tem-se reflectido na realidade: após a jornada 5 da competição os dois clubes ocupam, respectivamente, o segundo e o primeiro lugar da classificação.
A temporada 2020/21 da Académica tem sido marcada por resultados inconsistentes, que incluem uma derrota frente ao Feirense, uma vitória frente ao Varzim, e um empate com o Académico de Viseu. Ainda assim, os adeptos do clube histórico de Coimbra podem apostar nos resultados dos jogos da Académica e ter acesso a um bónus de boas-vindas até €50 em Bet.pt Código Promocional. A jogar na LigaPro desde o início da temporada 2016/17, a Académica vai disputar os lugares de acesso à Primeira Liga pelo quinto ano consecutivo.

Um clube com história e com um plantel muito experiente

O regresso da Académica aos grandes palcos do futebol português tem sido mais difícil do que muitos esperavam. Quando o histórico clube de Coimbra desceu de divisão, muitos esperavam que a sólida instituição desportiva seria capaz de regressar ao principal escalão do futebol nacional em cerca de uma ou duas temporadas. Mas a inconsistência a nível dos técnicos, as várias mudanças no plantel e a competição de novos projectos desportivos como o Famalicão ou o Portimonense têm vindo a dificultar a vida ao clube conimbricense. Esta temporada, a Académica volta no entanto a contar com um plantel experiente e com muitos jogadores de qualidade, pelo que é legítimo que os fãs de futebol de Coimbra possam voltar a sonhar com a promoção.
Pela Académica jogam futebolistas de grande reputação como o veterano defesa-central Zé Castro, o guarda-redes Mika, ou o goleador João Traquina. Neste mercado, chegaram vários outros atletas experientes ao clube. João Mário, um dos avançados de destaque da II Liga, veio do Académico de Viseu, o médio-defensivo Ricardo Dias assinou vindo do Belenenses, e os versados Ricardo Guima e Kay regressaram ao futebol nacional depois de várias épocas no estrangeiro. O clube orientado por Rui Borges reforçou-se ainda com vários jovens promissores, que incluem o ex-Sporting Filipe Chaby, o avançado marroquino Mohamed Bouldini, o ex-Real Sociedad Thior, e o médio Mimito Biai, que realizou a formação no Benfica e no Vitória de Guimarães. Do Braga B chegaram ainda 3 jovens: Fabiano Souza e Leandro Sanca (por empréstimo) e ainda Fábio Vianna.

Será 2020/21 o ano da Académica?

Com Rui Borges no comando técnico e com Fernando Alexandre como adjunto, a Académica prepara-se para um ano cheio de grandes desafios. Mas agora que se encontra afastado do leque de favoritos à conquista da competição, o clube de Coimbra pode surpreender e conquistar a muito almejada promoção à Primeira Liga. Uma Académica de primeira faz seguramente falta ao futebol português, e aos adeptos conimbricenses da modalidade em particular, que esperam voltar a poder vibrar com grandes jogos no Estádio Cidade de Coimbra.