Coimbra  5 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

A Previdência Portuguesa celebra 88 anos com gala solidária

13 de Janeiro 2017 Jornal Campeão: A Previdência Portuguesa celebra 88 anos com gala solidária

O aniversário é de A Previdência Portuguesa, que celebrou, na quarta-feira (11), 88 anos, mas o presente será entregue à Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC).

Amanhã (14), a festa de aniversário será transformada em Gala Solidária e vai decorrer, a partir das 21h00, no Conservatório de Música de Coimbra, podendo os bilhetes ser adquiridos, no local, a partir das 15h00.

Luís Travassos, “padrinho” de A Previdência, será o protagonista do evento, mas o artista conimbricense não estará sozinho, já convidou vários amigos para se juntarem a ele nesta noite solidária: Pensão Flor; Não Há Duas Sem Três; Tuna “As Fans”; Wolf Dance; Coimbra Gospel Choir e, ainda, o mágico Telmo Melo.

As entradas têm o custo de oito euros por pessoa (as crianças até aos três anos não pagam bilhete), valor que reverte, na totalidade, para a Liga Contra o Cancro.

A iniciativa contará, ainda, com breves intervenções das entidades presentes naquela que é a I Gala Solidária de A Previdência.

Aquando da apresentação do evento, em Novembro, o cantor Luís Travassos disse que era muito importante “conseguir juntar a música à solidariedade, ajudando quem mais necessita”.

“Este é um trabalho conjunto, em que podemos apresentar a nossa instituição e os artistas, bem como apoiar a Liga, com vista a apelar à comunidade para uma causa que é o mutualismo e para ser solidária para com as vítimas de cancro”, referiu Martins de Oliveira, presidente de A Previdência.

Nos 88 anos de A Previdência Portuguesa, Martins de Oliveira refere que a instituição “tem sempre a intenção de fazer anualmente algo de novo, de avançar, vivendo dos associados e para os associados”.

“Compete à administração desenvolver cada vez mais e, também, obter da parte dos associados propostas, indicações que indiciem necessidades que tenham”, refere o presidente da Direcção, para acrescentar que, “hoje, tudo avança muito rápido e querem estar em cima do acontecimento para que não sejamos ultrapassados por eles”.

A Previdência Portuguesa, com cerca de 6 000 associados, angariou em 2016 mais de 300 novos sócios, o dobro do registado em 2015. “Estamos a criar uma rede de agentes a nível nacional, dado que a nossa instituição tem associados entre Braga e o Algarve e queremos estar representados e cada vez mais presentes em todos os concelhos do país”, explica Martins de Oliveira.