Coimbra  20 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

58 candidatos admitidos ao concurso para motorista dos SMTUC

22 de Junho 2021 Jornal Campeão: 58 candidatos admitidos ao concurso para motorista dos SMTUC

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra, através dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC), vai admitir 29 novos assistentes operacionais para a função de motorista. Foram admitidos a este concurso, que foi aberto em Abril, 58 candidatos, sendo que as provas teórica e prática serão realizadas na primeira quinzena de Julho. A autarquia prossegue, assim, o seu objectivo de reforçar o serviço público de transportes urbanos, apostando na contratação de motoristas e aquisição de viaturas. Quanto este concurso estiver concluído a Câmara terá admitido 93 novos trabalhadores para a função de motorista nos últimos três anos, o que tem permitido a melhoria e reforço da rede dos SMTUC.

O concurso para a admissão de 29 novos motoristas, publicado em Abril, está a avançar e está concluída a primeira análise às candidaturas formalizadas. Nesta fase, foram admitidos a concurso 58 candidatos, que na primeira quinzena de Julho vão realizar provas teórica e prática.

Quando este procedimento estiver concluído, a autarquia terá admitido 93 trabalhadores para a função de motorista de transportes coletivos de passageiros desde 2018.

A CM Coimbra continua, assim, a reforçar o serviço público de transportes urbanos em várias vertentes. Depois de, em dezembro de 2019, os SMTUC terem chegado à zona sul do concelho, passando a servir as freguesias de Almalaguês, Antanhol, Assafarge, Ceira, Cernache e Torres do Mondego e reforçando ainda o serviço em São Martinho do Bispo, os transportes públicos municipais chegaram, a partir do passado dia 1 de Abril, às freguesias da zona Norte, designadamente Brasfemes, Souselas e Botão, sendo ainda reforçada nas freguesias de Eiras, São Paulo de Frades, Trouxemil e Torre de Vilela, beneficiando mais de 20 mil habitantes. Importa ainda referir que, em breve, está previsto chegarem também às freguesias da margem direita do Mondego, como Antuzede, São João do Campo, São Silvestre, São Martinho de Árvore e Lamarosa, até ao limite do concelho.

No dia 1 de Junho, entrou também em funcionamento a primeira fase da Ecovia. Um sistema “park & ride” servido por nove novos autocarros 100% elétricos que percorrem linhas especiais de transporte público entre os parques de estacionamento periféricos e os principais destinos dentro da cidade de Coimbra. Uma aposta da Câmara de Coimbra no relançamento de um sistema acessível e ecológico que pretende poupar a cidade à entrada de milhares de automóveis por dia e à emissão de toneladas de gases carbónicos para a atmosfera, designadamente na Alta histórica da cidade.

A Universidade de Coimbra e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra já são parceiros institucionais deste projecto, apresentando assim melhores condições de mobilidade aos docentes, funcionários, alunos, médicos e doentes.

No que diz respeito ao reforço do número de viaturas, a CM Coimbra reforçou a frota dos SMTUC com 79 viaturas nos últimos sete anos: 49 autocarros (10 eléctricos), 23 miniautocarros (11 eléctricos e 2 híbridos), duas carrinhas de transporte especial e cinco viaturas de apoio, num investimento superior a 12 milhões de euros. Em curso está ainda a aquisição de cinco novos autocarros 100% eléctricos ‘standard’, e respetivos carregadores, à empresa BYD Europe B.V., que venceu o concurso público internacional, por 2,4 milhões de euros, pois o objectivo da autarquia é, também, continuar a renovar a frota dos SMTUC com veículos com melhor desempenho ambiental e reduzir o impacto negativo das emissões de gases com efeito de estufa e de outros poluentes atmosféricos.

Recorde-se ainda que os custos com os SMTUC são suportados pelos cofres municipais, representando um investimento anual superior a nove milhões de euros.