Coimbra  23 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

150 anos de Camilo Pessanha lembrados em Coimbra e Tábua

7 de Setembro 2017

A 07 de Setembro de 1867, precisamente há 150 anos, nascia em Coimbra um dos mais prestigiados poetas nacionais: Camilo Pessanha, que vai ser recordado nos concelhos de Coimbra e Tábua.

O conimbricense é considerado o expoente máximo do simbolismo literário português, antecipador do modernismo e elogiado por Pessoa e Sá Carneiro.

Nesse sentido, e para lembrar o aniversário do seu nascimento, o Grupo de Arqueologia e Arte do Centro (GAAC), em parceria com a Câmara Municipal de Coimbra, vai promover, hoje, a partir das 11h00 e em vários locais da cidade, uma série de actividades que incluem declamação de poesia, uma instalação sonora, uma conferência com Daniel Pires, um jantar e uma exposição de pintura de Ivone Tavares, seguida de tertúlia, bem como uma performance de Gil Mac, culminando com o bolo de aniversário, pelas 23h00, no café de Santa Cruz.

A ideia do Grupo com esta iniciativa é “marcar esta passagem de aniversário de uma forma honrosa e adequada, reavivando a memória de Pessanha na cidade com o objectivo de celebrar e homenagear o poeta”.

Ainda em Coimbra, hoje, o professor catedrático jubilado da Universidade de Coimbra José Ribeiro Ferreira é o orador convidado pelo Rotary Club de Coimbra para dinamizar uma palestra comemorativa dos 150 anos do nascimento do escritor.

A sessão terá lugar hoje, pelas 21h30, no hotel de D. Inês, em Coimbra, e vai incluir a apresentação de um livro alusivo à efeméride, da autoria do palestrante, que foi publicado pelo mesmo e pelo Rotary.

Também em Tábua, de onde era natural a mãe de Camilo Pessanha, o escritor será lembrado, no sábado (09), pelas 09h30, com um programa que inclui uma arruada pela Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Tábua; a pintura de um painel no Jardim Sarah Beirão e, à tarde, uma conferência na Biblioteca Pública Municipal João Brandão, com inauguração de um quadro e o descerrar da placa da “Sala de Leitura – Camilo Pessanha”. Por fim, pelas 18h00, o painel de azulejos no Jardim Sarah Beirão será inaugurado.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com